HCP - Hospital de Câncer de Pernambuco - HCP - Hospital de Câncer de Pernambuco

Acompanhantes recebem orientação sobre a disfagia

Gostou? Compartilhe com seus amigos.

Em alusão ao Dia de Atenção à disfagia (20 de março), criado para alertar a população sobre os riscos dessa condição - caracterizada pela dificuldade de engolir alimentos, líquidos ou saliva em qualquer etapa do trajeto da boca ao estômago - o serviço de Fonoaudiologia do Hospital de Câncer de Pernambuco (HCP) realizou, nos últimos dias 22 e 23, uma ação de conscientização sobre o tema. Direcionada aos acompanhantes das enfermarias Santa Faustina e São Lucas 1º andar, a palestra tratou do tema “prevenção e risco de broncoaspiração”.

“Nosso objetivo foi esclarecer aos cuidadores sobre os sinais e sintomas da disfagia, orientar o manejo correto durante a oferta de alimentos e elucidar sobre os sinais das alterações na deglutição”, destaca Elaine Santos, coordenadora do serviço de Fonoaudiologia do HCP. O fonoaudiólogo é o profissional habilitado para fazer o diagnóstico, orientar e reabilitar os distúrbios na deglutição.

A disfagia pode ocorrer em todas as faixas etárias, além de comprometer a saúde, o estado nutricional e impactar negativamente na qualidade de vida das pessoas. “É importante que a população conheça os riscos dessa condição e, principalmente, a importância do diagnóstico e tratamento precoce”, explica Elaine.

Realizada em dois dias, a ação contou com a participação de seis fonoaudiólogos, que se alternaram entre as 16 enfermarias do São Lucas 1º andar e as 30 enfermarias Santa Fautina, sempre preocupados em não gerar aglomeração. Ao todo 46 acompanhantes assistiram a palestra e, ainda, receberam um folder informativo para consulta.

disfagia1.jpeg

disfagia3.jpeg

disfagia4.jpeg