HCP realiza cirurgia por neuronavegação - HCP - Hospital de Câncer de Pernambuco

HCP realiza cirurgia por neuronavegação

Gostou? Compartilhe com seus amigos.

 

neuronavegacao3.jpeg

Equipamento da Axial Implantes diminui a chance de sequelas no paciente em até 80%

Na última terça-feira (30) o Hospital de Câncer de Pernambuco (HCP) realizou a primeira cirurgia utilizando a neuronavegação, parceria entre o departamento de Neurocirurgia Oncológica do HCP e a Axial Implantes, empresa pernambucana especializada em soluções e comércio de artefatos para a saúde. A cirurgia faz parte de um total de 10 que serão realizadas com esse equipamento na instituição durante o ano. O neuronavegador diminui a chance de sequelas no paciente em até 80%. 

Esse acontecimento surgiu do empresário Mauro Ferreira Lemos, a frente da Axial, com o objetivo de ajudar uma instituição filantrópica no estado – sendo o Hospital de Câncer de Pernambuco o escolhido. “É uma oportunidade de retribuirmos o espaço que conquistamos no segmento de saúde e contribuir com uma causa social de tamanha representatividade para o estado, como o trabalho realizado pelo HCP”, enfatiza Mauro. Todo o processo foi alinhado através do gestor comercial da Axial, Jacob José de Figueiredo, o departamento de Captação de Recursos e Doações do HCP e o de Neurocirurgia Oncológica. “Estamos muito felizes com essa parceria. Sabemos da representação desse hospital e a importância do mesmo no tratamento dos pacientes oncológicos de todo o estado. Além das 10 cirurgias utilizando esse equipamento, a Axial também disponibilizou um operador técnico para acompanhar todos os procedimentos”, explica Jacob.

neuronavegacao2.jpeg

O Neuronavegador é um sistema computadorizado que permite a visualização das estruturas mais internas e sensíveis da cabeça, criando um modelo tridimensional computadorizado das estruturas cerebrais do paciente, anteriormente já avaliadas por outros recursos tecnológicos, como a ressonância magnética.  “Este modelo sobrepõe-se ao cérebro do paciente e permite ao observador reconhecer anatomicamente estruturas patológicas ou não e conduz o profissional médico em cada momento cirúrgico, de forma que, sabe-se o ponto exato de inserção cirúrgica, trajeto, dimensão tumoral, limites e outros aspectos. Esse reconhecimento é tão minucioso que é conhecido pela comunidade médica como um "GPS" da cirurgia cerebral e pode diminuir em até 80% as chances de sequelas no paciente”, destaca Amaro Lima Filho, operador técnico do Neuronavegador da Axial. 

neuronavegacao1.jpeg

Segundo o coordenador do departamento de Neurocirurgia Oncológica do HCP, dr. Frederico Tavares, essa parceria trará grandes benefícios ao paciente. “A utilização dessa tecnologia nos garante maior precisão na localização do tumor, resultando em uma cirurgia mais rápida e, principalmente, mais segura. A utilização do neuronavegador já é utiliza em algumas instituições privadas, até mesmo por profissionais que atuam aqui no HCP, mas para Hospital de Câncer acaba sendo um marco para o departamento de cirurgia. Por sermos referência em tratamento de câncer em Pernambuco, atuamos com casos muito complexos e esse equipamento cria modelos fidedignos e confiáveis, o que garante maior sucesso no procedimento”, ressalta.