Novembro Azul: HCP alerta para o cuidado com a saúde do homem - HCP - Hospital de Câncer de Pernambuco

Novembro Azul: HCP alerta para o cuidado com a saúde do homem

Gostou? Compartilhe com seus amigos.

destaque.jpg

O acompanhamento médico periódico é primordial para a detecção precoce de doenças, tanto em homens quanto em mulheres. Porém, segundo pesquisa do Centro de Referência da Saúde do Homem, 60% dos pacientes do sexo masculino acima dos 40 anos já estão com doenças em estágio avançado quando procuram pelo serviço médico. Entre as doenças de maior incidência está o câncer de próstata, segundo tipo de câncer mais comum entre os homens. O Instituto Nacional de Câncer (INCA) estima 65.840 novos casos de câncer de próstata em 2020. Como forma de estimular a detecção precoce dessa doença, mas, principalmente, alertar para o cuidado com a saúde do homem, o Hospital de Câncer de Pernambuco (HCP) lança sua campanha Novembro Azul: você foi ao médico este ano?, que pode ser conferida, a partir do dia 1º de novembro, no site hcp.org.br e nas redes sociais @sigahcp.

A campanha conta com a participação de várias personalidades do estado, com o objetivo de representar diferentes perfis de homens e, assim, atingir todos os tipos de públicos. São eles: o ex-jogador de futebol, Ramon Ramos; o jornalista, Samir Abou Hana; o motociclista, Marcelo Souza; o Tenente Coronel da Polícia Militar, Tibério Noronha; e os cantores Almir Rouche e Silvério Pessoa. “Nos reunimos para passar uma única mensagem. O Novembro Azul é um mês de alerta para o câncer de próstata, mas ele passa, e o que precisa ficar é a conscientização de que os homens tenham mais atenção à saúde e façam seus exames regularmente”, destaca Marcelo Souza, empresário que, anualmente, realiza o NovembroAzulMotors do HOG Recife Chapter, evento de conscientização sobre o câncer de próstata. 

A próstata fica localizada abaixo da bexiga e faz parte do sistema reprodutor masculino. Ela é responsável por produzir e armazenar os nutrientes e fluidos que constituem o esperma e os deixam fortes para que ocorra a fecundação.  A doença pode ser prevenida mantendo hábitos saudáveis (não fumar, evitar bebidas alcoólicas e manter um bom peso corporal), porém, os principais fatores de risco são a hereditariedade e a idade (tanto a incidência, quanto a mortalidade, aumentam significativamente após os 50 anos), por isso é indispensável o acompanhamento médico.

Segundo o coordenador do serviço de urologia do HCP, dr. Leônidas Nogueira, o principal fator que faz os homens chegarem ao hospital com o câncer avançado é a falta de acompanhamento médico periódico. “Não importa a idade, os homens devem passar pelo médico periodicamente, ao menos uma vez ao ano, para fazer o check-up. No caso do câncer de próstata, todos os homens com mais de 50 anos devem procurar o urologista para fazer os exames de rastreio, que consistem em um exame de sangue simples, conhecido como PSA, e, se esse exame apresentar alterações, o toque retal. No caso de indivíduos com histórico familiar de câncer, a recomendação é de que o exame seja feito a partir dos 45 anos. As consultas com o urologista também podem identificar o câncer de pênis, testículo e bexiga”, alerta. 

Segundo dados do INCA, o câncer de próstata provocou a morte de cerca de 16 mil homens em 2018. “Essa doença é silenciosa e, na maioria dos casos, não apresentam sintomas ou, quando apresentam, são semelhantes ao crescimento benigno da próstata, como necessidade frequente de urinar e dificuldade para expelir a urina. Em fases avançadas, provoca dores ósseas, insuficiência renal e infecção generalizada”, explica dr. Leônidas. O tratamento do câncer de próstata gera consequências, independente do tratamento escolhido (cirurgia, radioterapia e/ou quimioterapia). Seja na fertilidade ou sexualidade, alterando a produção de sêmen e/ou a ejaculação. Esse é mais um motivo para que o homem cuide da sua saúde e tenha acompanhamento médico durante toda sua vida. Ainda segundo o INCA, são esperados 65.840 novos casos em 2020.  

 

Downloads:

avatar-mini-link.jpg
Avatar PNG
flyer-mini-link.jpg
Flyer PDF
cartaz-mini-link.jpg
Cartaz JPG



Redes sociais

Vídeo da campanha: