Em meio à pandemia do Covid-19, HCP alerta para o câncer de pulmão, doença que lembra os sintomas do novo Coronavírus - HCP - Hospital de Câncer de Pernambuco

Em meio à pandemia do Covid-19, HCP alerta para o câncer de pulmão, doença que lembra os sintomas do novo Coronavírus

Gostou? Compartilhe com seus amigos.

CANCÊR-DE-PULMÃO_DESTAQUES (1).png

Tosse e falta de ar, sintomas comuns do Covid-19, não são exclusivos do novo Coronavírus, mas também são o alerta principal para o tipo de câncer que mais mata no mundo desde 1985, o câncer de pulmão. Em terceiro lugar como o tipo de câncer mais comum entre os homens e o quarto entre as mulheres, mais de 30 mil brasileiros devem ser diagnosticados com a doença, em 2020, segundo dados do Instituto Nacional de Câncer (INCA) - deste total, 5.760 casos serão no nordeste e 1.120 em Pernambuco. Com o objetivo de fazer esse alerta, o Hospital de Câncer de Pernambuco (HCP) busca chamar atenção para o tema através da campanha Junho Branco. Confira nas redes sociais @sigahcp.   

“A tosse seca no Coronavírus vem associada a outros sintomas como a febre, por exemplo, e, além disso, perdura por mais ou menos 15 dias. Já no câncer de pulmão, esse sintoma, quando iniciado, não desaparece sem o início do tratamento oncológico”, destaca o coordenador do Serviço de Oncologia Clínica do HCP, dr. Ilan Pedrosa. 

Os sintomas do câncer de pulmão geralmente são mais frequentes no estágio avançado da doença, quando,  em alguns casos,  já se espalhou para outros órgãos (metástase). Alguns podem estar relacionados com o comprometimento de outros órgãos. Entre os principais estão: tosse, dispneia (falta de ar), dor torácica contínua, inchaço no pescoço ou na face, perda de peso sem motivo, rouquidão por mais de uma semana, pneumonias recorrentes e presença de sangue ao escarrar. Os sintomas também são comuns em diversos problemas de saúde associados ao pulmão, o que dificulta o diagnóstico precoce e diminui consideravelmente as chances de cura.  Apenas 16% dos cânceres são diagnosticados em estágio inicial (câncer localizado), para o qual a taxa de sobrevida de cinco anos é de 56% - dados INCA.

O câncer de pulmão é um tumor caracterizado pelo crescimento desordenado de células malignas, que podem aparecer desde a traqueia até a periferia do pulmão, tendo como principal fator de risco o tabagismo (dependência de nicotina) e a exposição excessiva ao tabaco. A doença subdivide-se de acordo com o tipo de células afetadas - câncer de células não-pequenas, mais comuns, e câncer de células pequenas, mais raros e com o comportamento mais agressivo. “Além do tabagismo, outros fatores também podem desencadear a doença, como a inalação de agentes químicos e, até mesmo, a própria poluição”, alerta dr. Ilan. O tabagismo é o principal responsável pelos casos de câncer de pulmão, mas também tem relação com diversos outros males, dentre eles outros tipos de câncer, como colo de útero, estômago, pâncreas, laringe, faringe, fígado e estômago. 

O tratamento para o câncer de pulmão está relacionado com o seu estágio e as condições do paciente, podendo ser tratado com quimioterapia, radioterapia e/ou cirurgia, nessa última, onde ocorre a retirada do tumor e dos linfonodos próximos ao pulmão. Segundo o INCA, cerca de 20% dos casos são passíveis de tratamento cirúrgico. Porém, na grande maioria (80-90% dos casos), a cirurgia não é possível na ocasião do diagnóstico, devido a descoberta tardia e o estágio avançado da doença.

 

Sobre o HCP: O Hospital de Câncer de Pernambuco (HCP) é uma instituição privada e sem fins lucrativos, que se dedica ao diagnóstico e tratamento de pacientes oncológicos por meio do Sistema único de Saúde – SUS. Por ser uma instituição filantrópica, o HCP conta com doações contínuas de pessoas físicas e jurídicas para manter a qualidade no atendimento aos pacientes. Esses recursos são utilizados no custeio, na modernização do parque tecnológico e nas instalações físicas do hospital. Além disso, são direcionados para complementar o custo do tratamento dos pacientes. Saiba mais no site: www.hcp.org.br.