Hospital de Caridade e Participação: Nossa missão é acolher e cuidar com solidariedade - HCP - Hospital de Câncer de Pernambuco

Hospital de Caridade e Participação: Nossa missão é acolher e cuidar com solidariedade

Gostou? Compartilhe com seus amigos.

caridade-e-participacao.jpg

Foto: Kleber Manoel (doador) e Clara (paciente do HCP)

 

 

Com 75 anos de filantropia, o HCP conta com a ajuda da sociedade para oferecer tratamento oncológico completo e de qualidade

O Hospital de Câncer de Pernambuco (HCP) sempre contou com a ajuda da sociedade para oferecer tratamento oncológico de qualidade. Isso porque a instituição, gerida pela Sociedade Pernambucana de Combate ao Câncer (SPCC), é privada, filantrópica e sem fins lucrativos, características que estão em seu DNA desde o nascimento. Por isso, embora o atendimento seja gratuito por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), o hospital depende da ajuda de pessoas físicas e jurídicas para complementar os gastos e oferecer assistência oncológica completa.

Como explica a gerente de Captação de Recursos do HCP, Juliane Carvalho, “O tratamento de câncer é caro e longo, por isso, precisamos muito da ajuda das pessoas e das empresas de Pernambuco para oferecermos, cada vez mais, uma assistência de qualidade a quem precisa”. As doações são utilizadas no custeio, na modernização do parque tecnológico e nas instalações físicas do hospital, além de serem direcionadas para complementar o custo do tratamento dos pacientes.

 

É possível ajudar a instituição de várias formas. Uma delas é doando qualquer valor para o tratamento dos pacientes atendidos, acessando hcp.org.br/doacoes ou entrando em contato com o número (81) 3217-8290 (ligação e whatsapp). “Também é possível contribuir através de parcerias; doando alimentos; destinando parte do Imposto de Renda para o HCP através do Fundo Municipal do Idoso; deixando o troco das compras para o Troco Solidário; por meio de projetos ou, até mesmo, através do pagamento da conta de água”, destaca Juliane Carvalho, “Cada doação importa e faz uma grande diferença na assistência prestada aos nossos pacientes”, pontua.