Outubro Rosa: hábitos saudáveis e prevenção contra o câncer de mama

Gostou? Compartilhe com seus amigos.

carrossel-site.jpg

A acelerada vida moderna é um dos fatores que podem contribuir para o desenvolvimento de um câncer de mama. É por isso que, neste Outubro Rosa, o Hospital de Câncer de Pernambuco (HCP) quer fazer um alerta importante: algumas mudanças de hábito podem fazer a diferença e ajudar a prevenir a doença, que representa o segundo tipo de câncer mais comum entre mulheres no Brasil. Dados do Instituto Nacional de Câncer (Inca) estimam que, somente em 2016, cerca de 60 mil mulheres receberam o diagnóstico de algum tipo da doença que, se diagnosticada precocemente, atinge índices de cura superiores a 90%. Você pode obter mais informações sobre a doença no site hcp.org.br/outubrorosa.

De acordo com a mastologista e coordenadora do Serviço de Mama do HCP, dra. Cláudia Pereira, o câncer de mama é uma doença de causa multifatorial, ou seja, não existe uma causa definida que possa ser associada ao seu surgimento. “Hoje em dia, precisamos ter muito cuidado em relação à qualidade de vida para evitarmos esses riscos. A mulher moderna está mais exposta ao câncer do que em outras épocas justamente por causa do estilo de vida que levamos atualmente”, explica a médica.

Ter uma alimentação saudável e praticar exercícios físicos, por exemplo, podem contribuir para evitar o câncer de mama, uma vez que a obesidade é um dos fatores de risco para o surgimento da doença. Manter as consultas médicas e os exames de rotina em dia e, no caso das mulheres com mais de 40 anos, realizar a mamografia anualmente, também são importantes para detectar a doença em estágio inicial, o que contribui para o aumento das chances de cura. No caso das mulheres com histórico familiar de câncer de mama, essa prevenção deve começar ainda mais cedo.

“O grande objetivo da mamografia é justamente tentar diagnosticar os tumores enquanto eles ainda não são palpáveis”, justifica dra. Cláudia. A médica acrescenta, ainda, que é importante conhecer o próprio corpo e ficar atento aos sinais e sintomas que a doença manifesta, tais como tumorações palpáveis, endurecimento da mama, presença de secreção saindo dos mamilos, aumento dos linfonodos das axilas e inchaço ou vermelhidão nas mamas. Em alguns casos, também podem surgir pequenas feridas na região do mamilo.

 

Avenida Cruz Cabugá, 1597, 50040-000, Santo Amaro - Recife - PE
Ligue: (81) 3217-8000
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

FNQ logo

Redes Sociais