Equipe multidisciplinar de cabeça e pescoço participa de treinamento de reabilitação para pacientes laringectomizados

Gostou? Compartilhe com seus amigos.

laringectomizados-intranet.JPG

A reabilitação fonoaudiológica é fundamental para promover qualidade de vida aos pacientes que, devido ao câncer de laringe, foram submetidos à laringectomia total e, consequentemente, perderam a voz. Isso porque é através desse processo que esses pacientes oncológicos reaprendem a falar por meio de várias técnicas, entre elas, a voz esofágica. Na última quarta-feira (03), a equipe multidisciplinar do Hospital de Câncer de Pernambuco (HCP), responsável por um trabalho de reabilitação que é referência em todo o estado, participou do curso teórico-prático de reabilitação para laringectomizados totais promovido pela Atos Medical. O treinamento foi realizado na biblioteca do HCP e faz parte do projeto de educação continuada da empresa, que tem como objetivo gerar conhecimento e atualização sobre a tecnologia que envolve esse tipo de tratamento em instituições de referência.

Além da equipe multidisciplinar do departamento de cabeça e pescoço do HCP – formada por médicos, fonoaudiólogos, nutricionistas, psicólogos, assistentes sociais e fisioterapeutas –, foram convidados para participar do curso representantes de outros hospitais e de universidades, bem como da Secretaria Estadual de Saúde (SES). O superintendente técnico do HCP, dr. Fábio Malta, enfatizou a importância do evento para a instituição: “É um treinamento que vai agregar conhecimento no tratamento dos nossos pacientes”, pontuou na abertura do curso, que foi iniciado com uma emocionante apresentação do Coral Ressoar, formado por pacientes laringectomizados do HCP. A programação do curso também abrangeu palestras com temas como: conceito de laringectomia total, reabilitação vocal, reabilitação pulmonar e apresentação de acessórios desenvolvidos para a reabilitação.

Para o diretor-geral da Atos Medical, Rafael Diniz, a iniciativa vai levar o HCP a se fortalecer ainda mais como centro de referência: “O HCP tem todo o potencial. O trabalho dos profissionais de cabeça e pescoço devolve a qualidade de vida e o convívio social ao paciente. Ele volta para a sociedade com vontade de viver novamente, com a sensação de que está se curando”, disse Rafael, que aproveitou para elogiar a apresentação do Coral Ressoar: “Fiquei bastante impressionado com a força e o poder vocal deles. Realmente me emocionou. Muito bom, a equipe de fonoaudiologia está de parabéns”. Segundo a coordenadora multidisciplinar do HCP, Roberta Borba, “Como um Hospital de referência no processo de reabilitação de pacientes com câncer de cabeça e pescoço, a gente tem o dever de disseminar o conhecimento. É importante alertar a população para o cuidado diferenciado que esse paciente precisa ter. Então é fundamental que a equipe tenha esses momentos de atualização”, pontuou.

 

laringectomizados-intranet3.JPG

laringectomizados-intranet4.JPG

Avenida Cruz Cabugá, 1597, 50040-000, Santo Amaro - Recife - PE
Ligue: (81) 3217-8000
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Redes Sociais